O site de relacionamento que entende você! Marque um encontro com o prazer.

Saiba mais fechar
Esqueceu a senha?
facebook sexboys twitter sexboys msn sexboys orkut sexboys google mais sexboys









ENTREVISTA

Samuel Bueno: 10 anos de prazer!

Ele tem 110 cm de tórax, 106 de quadril e 19 cm de dote que emolduram um homem másculo, viril e peludo de 1,86 m de altura. Aos 35 anos de idade, o goiano Samuel Bueno completa dez no pornô em 2011 e, sem barreiras na câmera - ele faz ativo e passivo! - e sem medo de ser feliz, concedeu uma entrevista exclusiva a Sex Boys.

por João Marinho

Samuel BuenoSex Boys: O público ainda não sabe, mas Samuel Bueno é parte do seu nome real. Por que você não usou um nome artístico completamente diferente?
Samuel Bueno: No início, eu até tinha: Saimon Slave, mas um produtor achou meu nome real forte, imponente... Geralmente, os atores e go-go boys usam nome pequenos, e o meu ficou grandão para ficar diferente dos outros.

SB: E por que você usava o “Slave”?
Samuel: Slave” é “escravo” em inglês. É que curto sadomasoquismo...

SB: Interessante. No caso, você é masoquista, curte dor?
Samuel: Dor, até certo limite. Curto roupas de couro e vinil e usar cockring bem apertado. Numa cena SM, prefiro ser submisso também.

SB: Por falar em cena, você costuma fazer ativo e passivo. Tem alguma relação com preferências na vida real?
Samuel: No filme, faço o que o diretor falar. Na vida real, curto tudo. Agora, nos filmes, fiz mais passivo porque os diretores falavam que iam vender mais pelo fato de eu ser loiro, grandão e dando [risos].

SB: Você já fez cena com dois ex-namorados seus na vida real, o Brenno Santiago e o Paulo Roberto. Eles já eram atores, ou você os ajudou a entrar na carreira?
Samuel: Eu ajudei. Cheguei a um ponto em que comecei a exigir algumas coisas, e uma delas era filmar só com meus namorados...

SB: E os namorados já sabiam de sua profissão?
Samuel: O Santiago, não, mas ele já era go-go e ficou fácil de entender. O Paulo já sabia...

SB: Eles tinham interesse em entrar no mercado?
Samuel: Fizeram porque eu queria. O Paulo parou, mas, pelo que tenho visto, o Santi ainda está trabalhando... Demorou um pouco o processo na mente deles, mas, quando perceberam que isso traria grana e sucesso, acabaram cedendo...

SB: E se eles dissessem “não”?
Samuel: Eu não filmaria. Na época, cada um ao seu tempo, eu era muito apaixonado por eles.

SB: Imagino, então, que você tinha outra fonte de renda, além de ser ator pornô?
Samuel: Minha família tem uma situação financeira muito estável. Então, não precisei trabalhar com outras coisas. Filmo e danço como go-go boy porque gosto. Já dancei nas boates SoGo, Level e Blue Space, em São Paulo. Algumas, nem existem mais [NR: a SoGo e a Level de fato fecharam], mas, na época, era o auge. Percorri o Brasil todo fazendo shows. Hoje, sou fixo da Disel Lounge (www.diselbrasil.com.br), de Goiânia.

SB: É onde seus fãs podem encontrar você?
Samuel: Sim, estou morando em Goiânia, minha terra. Os fãs podem me encontrar na Disel ou se esbarrarem comigo pelos Carnavais do Rio [risos].

SB: Por que você decidiu ser ator pornô?
Samuel: Sempre quis ser ator e também gosto de filme pornô. Daí, eu via os caras nas cenas e pensava: um dia, estarei lá, fazendo o que eles fazem.

SB: Você permanece gravando?
Samuel: No momento, não, mas vou voltar. Estou com algumas propostas, analisando, mas ainda não posso adiantar nada. O que posso dizer é que uma das empresas filma só com celebridades...

SB: Hummm... Será filme hétero, então?
Samuel: Sim, estreando nesse gênero...

SB: Como você se define sexualmente?
Samuel: Gay, claro.

SB: E como fica, no caso, transar com mulheres? Você já tem experiência?
Samuel: Já fui apaixonado por duas. Cheguei a ficar noivo de uma, mas eu era moleque, tinha meus 18 anos. Hoje, não curto mais. Se filmar com mulher, vai ser só pelo trabalho mesmo. Queria mesmo era fazer cenas bis, só para transar com os atores [risos].

SB: Você namora hoje em dia?
Samuel: Não. Estou solteiraço e a fim de conhecer uma pessoa bem bacana...

Samuel Bueno

SB: Versátil, como você?
Samuel: Não precisa ser versátil, não. Tem de ser um cara legal, bonito e que me respeite.

SB: Você revelaria os motivos por que se separou do Brenno ou do Paulo, já que, em cena, vocês tinham muita química?
Samuel: Esse era o problema: só química.

SB: E por que, mais recentemente, você largou o pornô?
Samuel: Estavam pintando muitos shows – e para eu ficar em Goiânia, fixo na Disel. Também houve o lance do cachê: o que eu estava pedindo, eles não pagavam.

SB: Quanto tempo sem gravar?
Samuel: No início, eu até tinha: Saimon Slave, mas um produtor achou meu nome real forte, imponente... Geralmente, os atores e go-go boys usam nome pequenos, e o meu ficou grandão para ficar diferente dos outros.

SB: Chegou a gravar para produtoras estrangeiras?
Samuel: Não, mas todos os meus filmes foram para fora. Tem até uma história interessante: um amigo meu entrou em uma locadora em Miami e viu um banner enorme meu. Achei incrível!

SB: Terminando, deixe uma mensagem para os seus fãs!
Samuel: Quero agradecer de coração a todos os meus fãs, que me acompanham até hoje. Aproveitem ao máximo a revista, o filme, as fotos – e deve chegar material novo por aí. Um beijo no coração de todos!

Confira os ensaios e as cenas de Samuel Bueno no site Sex Boys:
sexboys.com.br/videos-pornos-e-fotos-samuel-bueno-27


Imagens: Reprodução | Publicado em 18/10/2011.









PÁGINA INICIAL | REVISTA ON-LINE | CONTATO |ASSINE JÁ! Copyright © 2003 / 2014 - Sexboys - Termos legais - É proibida a reprodução do conteúdo deste website em
qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Sexboys. Requisitos minímos